logo

10/7/2018 17:48

Ministra do STJ que tem ligações com o PSDB nega Habeas Corpus de Lula

0 0 0 0

O Superior Tribunal de Justiça negou habeas corpus ao ex-presidente Lula e declarou que o desembargador Rogério Favreto, do TRF-4, era incompetente para soltá-lo. O pedido em favor de Lula era contra a decisão do desembargador Thompson Flores, presidente do TRF-4.



Para a presidente do STJ, ministra Laurita Vaz, a questão sobre a prisão foi "ressuscitada" por "advogados inconformados" que fizeram o pedido "estranhamente" ao plantonista do TRF-4, Rogério Favreto.



Depois da decisão de Favreto determinando a soltura, no último domingo 8, o desembargador Gebran Neto, relator do caso do triplex no tribunal de Porto Alegre, se manifestou de forma contrária ao habeas corpus e o presidente do TRF-4, Thompson Flores, decidiu por fim manter a prisão.

Nos últimos dois dias, o STJ informou ter recebido outros 146 habeas corpus apresentados por cidadãos brasileiros que não fazem parte da defesa técnica de Lula.

Em 2016, em sua posse como presidenta do STJ, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), foi figura ilustra. Ele foi o único procurador presente na cerimônia e os outros políticos estavam ali por obrigação do cargo.

Em 2014 Laurita Vaz proibiu uma propaganda eleitoral do PT a pedido do PSDB.

O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.



MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

40494 visitas - Fonte: Brasil247

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians