logo

21/7/2018 09:50

Ex-Senador preso com Geddel comprou regalias na prisão doando apartamento a carcereiro

0 0 0 0

"Ao mandar o ex-senador Luiz Estevão para regime de Segurança Máxima da Papuda, a juíza da Vara de Execuções Penais de Brasília relatou haver indícios de que ele teria corrompido seus carcereiros. Além dele, o ex-ministro Geddel Vieira Lima também foi transferido. A decisão foi tomada após denúncias de que os políticos mantinham regalias irregulares dentro de suas celas. De acordo com a juíza, em ’dezembro de 2016’ ela recebeu ’denúncia anônima contendo graves afirmações no sentido de que Luiz Estevão teria corrompido alguns dos agentes lotados no CDP com intuito de receber privilégios durante o cumprimento de sua pena’", aponta o blog do jornalista Fausto Macedo.

O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

2628 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians