logo

8/8/2018 14:51

STF vota hoje aumento de seu absurdo salário de R$ 33.700

0 0 0 0

Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal têm nesta quarta-feira uma nova oportunidade de mostrar se vivem num mundo paralelo, ou no Brasil que vive uma grave crise econômica e que tem 13 milhões de desempregados.



A partir das 18h, os 11 magistrados discutirão, num salão anexo da Corte, a proposta orçamentária de 2019, que inclui uma possível revisão de até 16% em seus salários. Como os ministros do Supremo recebem o teto constitucional para o funcionalismo público, de 33.700 reais, um possível aumento pode desencadear reajustes que abalem ainda mais as depauperadas contas públicas. Algumas estimativas preveem gastos extras de até 3 bilhões de reais.



O aumento vem sendo defendido por juízes e procuradores, que devem fazer nova leva de pressão sobre a corte nesta quarta-feira. É uma demanda antiga, que tem como argumento uma defasagem no rendimento do judiciário. Há dois anos, uma proposta de 16% foi barrada. Ano passado, o ministro Ricardo Lewandowski, ex-presidente do Supremo, pressionou por um reajuste afirmando que já havia se comprometido com as categorias em sua gestão. Mas a presidente Cármen Lúcia defendeu responsabilidade dos magistrados num momento de grave crise econômica. O aumento foi barrado por oito votos a três.

(…)

O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.



MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

33411 visitas - Fonte: diário do centro do mu

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians