logo

18/5/2017 08:12

Aliados e Ministros pressionam Temer a renunciar e PSDB discute nome de sucessor

Após o conteúdo da delação do empresário Joesley Batista vir à tona, o PSDB se reuniu no gabinete do senador Tasso Jereissati para discutir a crise e nomes que possam suceder ao presidente Michel Temer, fortemente atingido pelo delator. A conclusão dos tucanos é de que o melhor nome seria o da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. A preferência dos tucanos seria o ex-presidente FHC, mas concluiu-se que ela reuniria mais apoio entre os demais partidos. A OAB estuda pedir o impeachment de Temer, mas há quem aposte em renúncia.

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

78687 visitas - Fonte: Estadão

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians