logo

14/11/2017 09:07

Senador do PSDB flagrado com pó que parece cocaína quer mudar para o PMDB

O ministro da Secretaria de Governo, Michel Temer, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), avalia trocar o partido tucano pelo PMDB de Michel Temer. Defensor de primeira hora do governo Temer, Imbassahy vinha sendo pressionado para deixar o cargo pelos partidos do chamado centrão, que ameaçam paralisar o Congresso caso não recebam cargos e benesses oficiais. Também estão pesando na avaliação o racha interno do PSDB e o crescimento do deputado Jutahy Junior, seu rival político na Bahia, que pretende se candidatar ao Senado em 2018.



A temporada de reforma ministerial foi aberta com a saída do tucano Bruno Araújo (PSDB-PE) do Ministério das Cidades nesta segunda-feira (14). O PSDB ocupa quatro ministérios no governo Temer. A expectativa do governo é que a nova composição ministerial, já com a acomodação dos partidos do centrão, esteja concluída até meados de dezembro.



De acordo com interlocutores, Bruno Araújo e a ministra de Direitos Humanos, Luislinda Valois (PSDB-BA), deverão deixa de vez o primeiro escalão. Já Imbassahy e o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes (PSDB-SP), deverão ser remanejados para outras pastas.

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

23940 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians