logo

5/12/2017 19:33

Ex-presidente do PSDB não será preso pela demora do TRF4; com Lula julgamento foi em tempo recorde

Eduardo Guimarães

Andam dizendo que o processo de Lula anda rápido porque ele é idoso e idosos são julgados com maior rapidez pela Justiça, mas o caso do ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo mostra que esse argumento é falso como uma nota de três reais.



Condenado no mensalão tucano, o ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo deve escapar da cadeia porque, apesar de seu processo ter chegado à Justiça em 2005, após 12 anos ele ainda não foi julgado e completará 70 anos em breve.

A Justiça deveria ter acelerado seu caso por ser idoso, desculpa usada para a rapidez da Justiça em relação ao ex-presidente Lula, mas, por alguma razão (modo ironia ligado), as penas estarão prescritas caso complete 70 anos, o que ocorrerá em setembro de 2018, antes de as possibilidades de recurso terminarem.

Uma decisão, em primeira instância, condenou o político a 20 anos e 10 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de peculato – 13 anos e 4 meses – e lavagem de dinheiro – 7 anos e 6 meses. Em setembro deste ano, a segunda instância confirmou a condenação, mas ele recorreu e o caso parou de novo.



A denúncia sustenta que o esquema tucano desviou recursos públicos de estatais mineiras para a campanha eleitoral de Eduardo Azeredo, que concorria à reeleição ao governo do estado, em 1998.

P.S do Falandoverdades: A Justiça após 12 anos resolveu condenar Eduardo Azeredo em agosto desse ano, no entanto não o prendeu, ele podendo se beneficiar esse ano com prescrição do seu processo

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

28032 visitas - Fonte: blog da cidadania

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians