logo

11/5/2018 18:14

43,4% dos eleitores serão influenciados pela redes sociais nesta eleição, diz pesquisa

0 0 0 0

Pesquisa do portal Poder360 comprova: seremos decisivos nestas eleições. Compartilhar é nossa maior arma!

Pesquisa da Ideia Big Data, encomendada pela consultoria Bites, mostra que a internet e as redes sociais influenciarão na decisão de voto de 43,4% eleitores. O estudo também revela que 59,5% dos entrevistados pretendem acompanhar as publicações dos seus candidatos pelas redes sociais.





Para realizar o levantamento, o Ideia Big Data entrevistou 1.482 pessoas em todo país. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Eis a íntegra da pesquisa.



Segundo o levantamento, a plataforma preferida para acompanhar os candidatos aos cargos eletivos é o Facebook (58,5%), seguida do Youtube (13,2%), Instagram (11,5%), Twitter (8,9%), WhatsApp (4,8%) e Linkedin (3,2%).

A pesquisa questionou os eleitores se eles já receberam alguma informação sobre política via WhatsApp. Já receberam alguma coisa deste tipo 75,4% dos eleitores. Outros 24,6% disseram que não.

Dos que receberam alguma informação sobre política, 36,1% passaram a notícia para a sua rede de amigos e grupos no WhatsApp.

De acordo com pesquisa da FGV (Fundação Getulio Vargas), no Brasil há mais de 220 milhões de smartphones em uso, indicando que a internet é cada vez mais decisiva para a formação de opinião pública.

A pesquisa também revelou que uma expressiva parte dos entrevistados confia com alguma restrição na opinião dos seus amigos sobre política publicadas nas redes sociais. Na escala de 1 (desconfio totalmente) a 5 (confio totalmente), 38,9% se colocaram no grau 3 quando o assunto é o debate de ideias políticas no universo digital.

“Apesar de tratarem com muita cautela a informação vinda das redes sociais, essa campanha vai abrigar grande parte do debate no ambiente digital”, diz Maurício Moura, diretor da IdeiaBigdata.

Na questão sobre fontes de informação consultadas pelos entrevistados sobre política, a primeira é a televisão (53,6%), seguida dos sites de notícia (42,5%), jornais (42%), redes sociais (40,3%), rádio (16,3%) e WhatApps (10,9%).



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.

Se você quer Lula Livre, CLIQUE AQUI e entre no grupo do WhatsApp pró-Lula

Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


8583 visitas - Fonte: poder360

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians