logo

23/1/2020 09:52

Até integrantes da Lava Jato de Curitiba são contra denúncia a Glenn e o consideram inocente

0 0 0 0

1848 visitas - Fonte: O Globo

Parte dos integrantes da força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba avalia que não há elementos concretos para denunciar o jornalista Glenn Greenwald no caso dos hackers.



Para investigadores de Curitiba ouvidos pela coluna, seria necessário apurar mais o caso para saber se o jornalista deu, efetivamente, algum tipo de orientação aos hackers.

O grupo também avalia que a denuncia apresentada pelo procurador Wellington Oliveira, do Ministério Público Federal do Distrito Federal, contraria a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.



No ano passado, Gilmar proibiu que Greenwald fosse investigado no caso. Mesmo assim, o procurador Wellington Oliveira denunciou o jornalista por invasão de dispositivo de informática alheio, interceptação ilegal de comunicações telemáticas e associação criminosa.

Entre as autoridades que tiveram celulares invadidos pelos hackers estão integrantes da força-tarefa de Curitiba, como o procurador Deltan Dallagnol.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: VÍDEO desmente as MENTIRAS ditas na CPI das Fake News:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians