logo

17/2/2020 19:13

Rui Costa volta a defender operação da PM que matou Adriano: eles agiram dentro da lei

0 0 0 0

864 visitas - Fonte: Brasil247

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a se defender nesta segunda-feira 17 das críticas feitas por Jair Bolsonaro no final de semana, de que ele seria responsável pela morte do miliciano Adriano da Nóbrega, ligado à família do presidente.



Ao participar do lançamento da Operação Carnaval 2020, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Rui Costa voltou a defender a operação da Polícia Militar da Bahia.

"Eles agiram dentro da lei. Qualquer cidadão que não tem nada a temer o que faria? Iria se apresentar. O que ele estava fazendo seguidamente era fugir da ordem policial. Fugiu da primeira vez e tentou fugir da segunda, desferindo tiros contra os policiais", declarou.



Sobre sua eventual participação nas ordens da operação, que foi feita em conjunto entre a PM da Bahia e a Polícia Civil do Rio de Janeiro, que investigava Adriano, Rui Costa disse: "o governador não é gestor de operações policiais nem gestor de ocorrências com criminosos e marginais. Eu não estudei para isso. Quem estudou e foram treinados são os policiais".

O governador petista disse ainda que não se calará quando a Bahia for atacada. "Eu não me calarei quando a Bahia for agredida. Quando os baianos forem agredidos independente de quem estiver agredindo os baianos. Minha manifestação foi sair em defesa da Bahia e em defesa do baiano. Toda e em qualquer vez que a Bahia for agredida, eu sairei em defesa", disse.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: Bolsonaro se recusa a dar R$ 600 aos informais mas dá R$ 1.2 trilhão aos bancos!



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians