logo

15/9/2020 17:24

Vídeo: Bolsonaristas ameaçam destruir outdoor anti Bolsonaro com moto serra, se não for coberto com lona

Liberdade de expressão em risco

0 0 0 0

6546 visitas - Fonte: Congresso em Foco

Apoiadores de Jair Bolsonaro cobriram com uma lona um outdoor com críticas ao presidente na cidade de São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (15). Menos de três horas após a instalação da peça, um grupo de fazendeiros da região chegou ao local em uma caminhonete e disse que se não fosse coberto, o cartaz seria destruído com uma motosserra.


As ameaças foram feitas a um homem chamado Passo Longo, dono do outdoor, que cedeu aos fazendeiros e permitiu cobrir a mensagem. Em áudio recebido pelo Congresso em Foco ele diz que foi um advogado quem contratou o espaço e que a mensagem viria pronta. "Pagou adiantado e dai chegou o cartaz para colar e eu não sabia o que era. Quando foram colar que os peões chegaram aqui me falando que era fora Bolsonaro, não sabia, se não, nunca ia alugar".


Veja o vídeo:



O Congresso em Foco tentou contato com o advogado, mas ainda não obteve resposta. O outdoor questiona o presidente sobre a movimentação financeira entre as contas da primeira-dama, Michelle Bolsonaro e o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz."São Gabriel quer saber por que foi depositado 89 mil na conta da sua mulher", indaga o cartaz.


Em um grupo da cidade no Facebook, um morador disse que o local é "terra de coronéis, de ditadores". Disse ainda que são "ladrões que nos roubam a liberdade de expressão".


Há alguns dias outro outdoor também foi colocado na cidade, este em apoio a Bolsonaro. A peça não teve represália.

Pelas redes sociais, apoiadores de Jair Bolsonaro saíram em defesa do grupo que censurou a placa.



Segundo reportagem da revista eletrônica Crusoé, Fabrício Queiroz depositou pelo menos 21 cheques na conta da primeira dama. As transações, feitas entre 2011 e 2018, somam R$ 72 mil. Segundo a revista, as transferências foram identificadas na quebra de sigilo bancário de Queiroz. A revelação contraria a versão dada pelo presidente Jair Bolsonaro de que o depósito no valor de R$ 24 mil, conhecido desde dezembro de 2018, era parte do pagamento de um empréstimo de R$ 40 mil que fizera ao ex-policial, seu amigo desde 1985. O repasse, na época, foi considerado atípico pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).


Queiroz e Flávio Bolsonaro são investigados pela suspeita de comandarem um esquema de apropriação de salário de servidores do gabinete do filho do presidente quando era deputado estadual no Rio de Janeiro, a chamada “rachadinha”.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CARLUXO PODE SER PRESO E JAIR ESTÁ DESESPERADO!!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.


O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians