logo

19/1/2019 16:37

E agora, Moro e Deltan Dallagnol? Vai ter protesto, vai ter greve de fome? Ou vão continuar calados?

0 0 0 0

-O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), cobrou neste sábado 19, pelo Twitter, o ex-juiz federal e agora ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol sobre o escândalo envolvendo Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz. O deputado também publicou que "a missão dos Bolsonaro é varrer a corrupção... para debaixo do tapete".



Novo trecho do relatório do Coaf aponta que o senador eleito Flávio Bolsonaro recebeu 48 depósitos em sua conta, somando R$ 98 mil, conforme denúncia do Jornal Nacional. Anteriormente, o órgão já havia colocado suspeita em transações financeiras de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio, no valor de R$ 1,2 milhão movimentados em um ano.



"E agora, superministro Moro? E agora @deltanmd? Vai ter protesto contra a família que você ajudou a colocar no governo?", questionou Pimenta na rede social. Quando no comando da Lava Jato, a atuação de Moro e Dallagnol foi de crítica e investigação com foco claro contra o PT.

Dallagnol criticou essa semana a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu a investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre o caso Queiroz, a pedido de Flávio Bolsonaro. O filho de Jair Bolsonaro esteve neste sábado durante toda a manhã e o início da tarde no Palácio do Alvorada, residência oficial do presidente.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.

Clique aqui para entrar em nosso grupo de Facebook

Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Bolsonaro pode cair e já mostra sinais de desespero:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


9888 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians