logo

18/5/2017 14:57

PSDB protocola pedido de Impeachment de Temer e ministros já começam a deixar cargos

Um grupo de oito deputados do PSDB protocolou nesta tarde (18) um pedido de impeachment do presidente Michel Temer, informa Thais Arbex. A legenda ainda não manifestou posição oficial sobre o futuro de Michel Temer e adota uma postura de cautela.



O grupo que pede o impedimento do peemedebista é liderado pelo deputado João Gualberto (BA). “Não temos como, neste momento, ter defendido o impeachment de Dilma e não defender o de Temer”, diz o deputado.

A justificativa para o pedido é a acusação de obstrução de justiça, que consta na delação premiada dos executivos da JBS. “Como pode dar mesada a Eduardo Cunha?”, questiona o parlamentar.

Ainda nesta quinta, líderes do partido se reunirão novamente para formar uma posição oficial a respeito do futuro do governo. A decisão deve ser pela entrega dos cargos do governo e um pedido de renúncia ou impeachment de Temer. O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PE), pode ser o primeiro a entregar a função.



Em reunião na manhã desta quinta (18), o senador Aécio Neves (MG) foi afastado da presidência do partido, cargo que passou a ser ocupado interinamente pelo deputado Carlos Sampaio (SP).

Antes de colher as assinaturas para o pedido de impeachment, Gualberto comunicou a intenção ao líder na Câmara, Ricardo Tripoli (SP) e a Sampaio. Ambos tentaram dissuadir o deputado para que ele aguardasse a entrega dos cargos, mas não adiantou.

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

110760 visitas - Fonte: folha

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians