logo

15/7/2017 09:10

Não tem dinheiro pro Hospital do Câncer nem passaportes, mas Temer já gastou R$ 1 bi comprando votos só em julho

Denunciado por corrupção e prestes a ser também denunciado por obstrução judicial e organização criminosa, Michel Temer gastou R$ 1 bilhão com emendas parlamentares apenas nos últimos dois meses.



O levantamento foi feito pelos repórteres Camila Matoso e Ranier Bragon, na Folha (leia aqui).

"Quem apoia, tem a verba", disse à reportagem o deputado Lincoln Portela (PRB-MG). "São cenas explícitas de fisiologismo e cooptação, visando a sobrevivência de um governo moribundo. Só isso já daria mais uma denúncia de corrupção para cassá-lo", afirmou o oposicionista Ivan Valente (PSOL-SP).



O valor é 31% maior do que no mesmo período do ano passado, quando Temer era interino e também comprava apoio de deputados e senadores para se efetivar no quadro.

Ou seja: além de ter arrombado as contas públicas com sua depressão econômica, Temer também custa caro ao País com seus métodos fisiológicos no Congresso.

MAIS
» Médico lista 5 feitos históricos dos governos Lula e Dilma pela saúde
» Aécio é delatado novamente e é o primeiro a ser comido pela Odebrecht

506886 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians