logo

17/7/2019 07:55

Bolsonaro reclamou no Twitter mas se recusou a recorrer e processo contra Adelio (esfaqueador) é encerrado

0 0 0 0

O presidente Jair Bolsonaro não recorreu da decisão da Justiça Federal que considerou inimputável o seu agressor, Adélio Bispo de Oliveira, que o esfaqueou durante um ato da última campanha presidencial em Juiz de Fora (MG). Como o Ministério Público Federal (MPF) também não apresentou recurso, a sentença transitou em julgado, isto é, não é mais possível mais recorrer contra o veredito.



No dia 6 de setembro de 2018, durante o primeiro turno da eleição, Bolsonaro recebeu uma facada de Adélio quando caminhava em meio a seguidores no centro de Juiz de Fora – ele foi atendido e levado para a Santa Casa de Misericórdia local, onde passou por uma cirurgia de mais de quatro horas. Depois, foi removido ao hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Em junho deste ano, o juiz federal Bruno Saviano decidiu que Adélio era inimputável. À época, Bolsonaro disse que recorreria da decisão e que estava “tomando as providências jurídicas”. “Normalmente o MP [Ministério Público] pode recorrer também, vou entrar em contato com o meu advogado”, afirmou.



Na decisão, o magistrado considerou que Adélio era portador de Transtorno Delirante Persistente e determinou que ele ficasse detido no Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande (MS) até o fim de outro inquérito penal que ainda é conduzido pela Polícia Federal e que poderá se transformar em uma nova ação.

Opinião THIAGO DOS REIS: Fica cada vez mais claro que há algo muito estranho nessa facada. Bolsonaro joga pra sua torcida burra, reclama no Twitter, mas judicialmente se recusa a recorrer contra a sentença que anula o processo da facada. Adelio continuará preso por pouco tempo mas a tendência é que a decisão seja a mesma no outro processo que corre e ele seja solto graças a Bolsonaro.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Aparece o elo entre Bolsonaro, morte de Marielle, Queiroz e a milícia mais violenta do RJ:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


4098 visitas - Fonte: Veja

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians