logo

13/11/2019 08:26

Clima azeda no STF após Fux suspender processo contra Dallagnol, que atacou o STF

0 0 0 0

A jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna na Folha de S.Paulo que o clima azedou no STF (Supremo Tribunal Federal) com a liminar concedida pelo ministro Luiz Fux suspendendo processo disciplinar contra Deltan Dallagnol no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).



O procurador seria julgado na terça (12) por atacar ministros da própria Corte.

A blindagem de Fux a Dallagnol é ainda mais grave porque a representação contra o coordenador da Java Jato em Curitiba foi assinada pelo próprio presidente do STF, Dias Toffoli.



Julgando-se impune, Deltan Dallagnol ofendeu ministros da Corte, ao declarar a uma emissora de rádio que Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski formavam uma “panelinha” no STF e que as decisões deles passavam “uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”.

Na semana passada, informa a coluna, Fux suspendeu liminar de juiz de primeira instância que impedia Deltan de ser julgado no CNMP. E enviou a decisão para os colegas. Nesta semana, voltou atrás e decidiu suspender de novo o processo.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: Lava Jato mostra desespero atacando filho de Lula que já foi inocentado pela PF:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


21576 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians