logo

23/5/2019 18:52

Militares que fuzilaram carro com 82 tiros e mataram 2 pessoas são soltos

0 0 0 0

O Superior Tribunal Militar, última instância da Justiça Militar no País, colocou em liberdade nesta quinta-feira 23 os nove militares do Exército que estavam presos pela morte do músico Evaldo Rosa e do catador Luciano Macedo em Guadalupe, no Rio de Janeiro. A maioria da Corte entendeu que eles não apresentam ameaças e não vão atrapalhar o processo.



A equipe das Forças Armadas disparou pelo menos 200 vezes contra o carro da família de Evaldo, em 7 de abril, matando o músico na hora, alvo de nove tiros. Apenas o tenente Ítalo Romualdo, que comandava a tropa, disparou 77 vezes. A informação foi revelada pela ministra Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, do STM, durante julgamento de um pedido de habeas corpus feito pela defesa dos acusados.



A família ia para um chá de bebê quando foi atingida. Luciano chegou a ir para o hospital, mas não resistiu e morreu no dia 18.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Os negócios sujos de Paulo Guedes abafados por Moro e Dallagnol:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


2946 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians