logo

19/11/2019 11:02

Procurador da Lava Jato compartilhou post de jornalista que atacou covardemente família de Lula

0 0 0 0

Procurador que dá nome ao grupo de Whatsapp da Lava Jato revelado pelas reportagens do Intercept Brasil, Januario Paludo compartilhou nesta segunda-feira (18) um tuíte em que o colunista da revista Veja Augusto Nunes ataca o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva usando a família.



A intenção de Nunes foi provocar a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo. Ela havia criticado postagem dele que citava os “túmulos” de Marisa e do neto falecido de Lula, quando, na verdade, os dois teriam sido cremados.

“A porta-voz @monicabergamo garante: Lula não visitou os túmulos dos parentes mortos durante a temporada na cadeia pq “eles foram cremados”. A família do irmão Vavá informa: o corpo de Genival Inácio da Silva foi sepultado no Cemitério Pauliceia, em S. Bernardo do Campo”, tuitou Nunes em tom de ironia.



Segundo Monica, foi “asquerosa” a estratégia de Nunes de atacar adversários usando familiares. “Deixe de usar crianças e pessoas mortas para atingir quem você não gosta, Augustos Nunes. Não percebe que isso é asqueroso?”, disparou Mônica no Twitter.



Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: Hacker da VAZA JATO tem material para IMPLODIR Bolsonaro, Lava Jato e Forças Armadas:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


2208 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians