logo

29/10/2020 08:36

Salles nega ter usado rede social para chamar Maia de ´´Nhonho`` e encerra sua conta

0 0 0 0

4503 visitas - Fonte: O Globo

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse na manhã desta quinta-feira que não foi ele quem publicou a mensagem no Twitter chamando o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de Nhonho. Menos de uma hora após a publicação, a conta de Salles desapareceu da rede social e quando pesquisada uma mensagem indica que "esta conta não existe".





A mensagem relacionando o deputado carioca ao personagem do seriado "Turma do Chaves" foi postada na noite de ontem, no perfil oficial de Salles na rede social. Segundo o ministro, a publicação teria sido feita por alguém que "se utilizou indevidamente" da sua conta. O comentário, excluído depois por Salles, foi feito em uma postagem que Maia fez no quatro dias antes, no sábado. Nela, o presidente da Câmara criticava Salles: "O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo."

Nhonho é o nome de um personagem do seriado "Turma do Chaves" e é como a ala ideológica de apoiadores de Bolsonaro chama, de forma pejorativa, o presidente da Câmara.





A publicação de Maia foi feita em meio a uma briga entre as alas ideológica e militar do governo, exposta após o ataque pelas redes sociais de Ricardo Salles a Luiz Eduardo Ramos, na última quinta-feira.

A "briga" começou após a publicação de uma nota da colunista do GLOBO, Bela Megale, com um recado enviado pelo Ministro do Meio Ambiente a seu colega de governo, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Pelo Twitter, Salles disse “ter enorme respeito e apreço pela instituição militar” e que o general deveria deixar de lado a “postura de #mariafofoca”.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também saiu em defesa do ministro da Secretaria de Governo. Em uma publicação no Twitter, Alcolumbre destacou a importância de Ramos para a relação institucional do governo com o Congresso e alfinetou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, dizendo que "não é saudável" que um ministro ofenda um colega publicamente.



"Sem entrar no mérito da questão, faço duas ressalvas.1.Como chefe do Legislativo, registro a importância do @MinLuizRamos na relação institucional com o Congresso.2.Não é saudável que um ministro ofenda publicamente outro ministro. Isto só apequena o governo e faz mal ao Brasil", escreveu Alcolumbre.

As postagens, entretanto, geraram respostas negativas por parte de opositores do governo.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CARLUXO PODE SER PRESO E JAIR ESTÁ DESESPERADO!!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians