logo

30/10/2020 13:31

Terremoto forte no Mar Egeu causou grande destruição na Turquia e na Grécia

0 0 0 0

1902 visitas - Fonte: O Globo

ISTAMBUL — Um terremoto de 7 graus na escala Richter atingiu o Mar Egeu nesta sexta-feira, causando destruição tanto na Turquia quanto, em escala menor, na Grécia. Na cidade turca de Izmir, prédios desabaram com o tremor e, segundo o governo local, há pessoas presas sob os escombros. Pelo menos seis pessoas morreram e 202 ficaram feridas na cidade, enquanto outras duas morreram na ilha grega de Samos.



O terromoto foi sentido desde Istambul até as ilhas gregas, onde as autoridades informaram que pessoas entraram em pânico.

Em Izmir, na costa do Mar Egeu, parece ter sido a mais atingida. o prefeito Tunc Soyer disse que ao menos 20 prédios desabaram e que 70 pessoas foram retiradas com vida dos escombros. As águas do mar invadiram ainda as ruas depois do abalo, no que o administrador do bairro de Seferihisar, Ismail Yetiskin, definiu como "uma mini-tsunami".

A Fundação de Ajuda Humanitária turca conhecida como IHH disse no Twitter que enviou uma equipe de busca e resgate de 250 pessoas para a área.

"Nossa cozinha móvel foi enviada de Reyhanli para Izmir com suprimentos de primeiros socorros que consistem em cobertores, materiais de higiene e alimentos essenciais. Além disso, estamos preparando refeições quentes para 10 mil pessoas para serem servidas aos nossos cidadãos que passarão a noite ao ar livre", informou a IHH.



Teoman Cüneyt Acar, morador de Izmir, disse à Haber Turk TV que o tremor durou cerca de 45 segundos, segundo o New York Times.



Na ilha grega de Samos, cuja população é de 45 mil habitantes, as águas também invadiram as ruas após o terremoto, e os moradores foram orientados pelas autoridades para ficar longe das áreas costeiras.

— Nunca experimentamos nada parecido — disse o vice-prefeito local, George Dionysiou — As pessoas estão em pânico.

De acordo com a polícia grega, houve danos a alguns prédios antigos da ilha.

Os ministros das Relações Exteriores da Turquia e da Grécia — que estão envolvidos em uma disputa acirrada sobre a propriedade de recursos potenciais de hidrocarbonetos no Mediterrâneo oriental — falaram por telefone após o terremoto e disseram que estavam prontos para ajudar uns aos outros, disse Ancara.

— Independente das nossas diferenças, são em momentos como este que precisamos ficar juntos — disse o primeiro-ministro grego, Kyriákos Mitsotákis, em referência também às disputas com a Turquia provocadas pela crise migratória na região.



O tremor aconteceu por volta das 8h50 do horário de Brasília. De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o abalo foi de 7 graus na escala Richter. Já o serviço turco calculou o tremor em 6,6 graus.

As informações das duas agências divergem também sobre onde foi o epicentro do terremoto. Segundo a Gestão de Desastres e Emergências da Turquia (Afad, na sigla original), o epicentro foi a cerca de 17 km da costa de Izmir, a uma profundidade de 16 km. Por sua vez, o serviço americano indicou que a profundidade era de 10 km e que o epicentro ficava a 33,5 km da costa da Turquia.

Pelas redes socias, usuários compartilharam vídeos dos estragos causados pelo abalo. Em uma das gravações, é possível ver o momento em que um prédio desaba em Esmirna.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CARLUXO PODE SER PRESO E JAIR ESTÁ DESESPERADO!!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians