Moradores de Porto Alegre relatam tragédia e luta contra esgoto e mau cheiro de animais apodrecendo

Portal Plantão Brasil
16/5/2024 13:10

Moradores de Porto Alegre relatam tragédia e luta contra esgoto e mau cheiro de animais apodrecendo

0 0 0 0

545 visitas - Fonte: Plantão Brasil

Após a cheia histórica do Guaíba que devastou Porto Alegre, moradores da cidade enfrentam as consequências das inundações, com animais mortos e esgoto exposto nas ruas dos bairros Menino Deus, Cidade Baixa e Centro Histórico. O mau cheiro e os danos são evidentes, enquanto a água atingiu seu nível mais alto desde 1941.

Atualmente, das 23 casas de bombas do sistema antienchentes da capital, 19 precisaram ser desligadas por causa da enchente ou do risco de choque elétrico. Nove estão em operação, segundo o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A assistente de câmbio Katia Toledo, moradora do bairro Menino Deus, relata a necessidade de limpeza constante e o aumento de animais mortos e esgoto.

No bairro Cidade Baixa, as ruas foram inundadas em 6 de maio, causando estragos em residências e comércios. O prefeito recomendou que moradores deixassem suas casas após uma das bombas ser desligada por segurança. O assistente de leilão imobiliário Mateus Marchant precisou sair de casa às pressas e, ao retornar, encontrou a água na altura do joelho, relatando a presença de lixo e baratas.

No Centro Histórico, a água ultrapassou o Muro da Mauá, e os moradores convivem com o esgoto e peixes mortos. A auxiliar administrativa Nathália Sachett de Lima evita sair de casa para proteger seus filhos e cachorro da contaminação. Ela descreve a situação como insuportável, com o cheiro da água podre invadindo a residência.

Até agora, 365 toneladas de resíduos foram recolhidas pelas ruas da capital, conforme o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU). O diretor-geral do órgão, Carlos Hundertmarker, afirmou que este é o maior desafio da história do departamento, e um plano de limpeza foi montado para mapear os estragos.

Os temporais e as cheias no Rio Grande do Sul já causaram 149 mortes, deixaram 108 desaparecidos e 806 feridos, segundo o boletim da Defesa Civil desta quarta-feira (15). Além disso, 614,7 mil pessoas estão fora de suas casas, sendo 76,5 mil em abrigos e 538,1 mil desalojadas. Dos 497 municípios do estado, 452 registraram transtornos, afetando mais de 2,1 milhões de pessoas.

Com informações do G1

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians