Exército corta pela metade limite de armas para policiais e bombeiros

Portal Plantão Brasil
20/5/2024 17:42

Exército corta pela metade limite de armas para policiais e bombeiros

0 0 0 0

205 visitas - Fonte: Plantão Brasil

Uma nova portaria publicada pelo Exército reduziu a quantidade de armas que policiais militares, bombeiros e servidores do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) podem adquirir.

Conforme a nova regulamentação, esse grupo poderá comprar, quando em serviço, até quatro armas de fogo, sendo duas de uso restrito. Para os aposentados, o limite é de duas armas, todas de uso permitido. A medida substitui uma portaria anterior de janeiro, que permitia a compra de até seis armas, sendo cinco de uso restrito.

A antiga regra gerou repercussão negativa por ampliar o acesso a armas de uso restrito, autorizadas apenas para as Forças Armadas, e foi suspensa ainda em janeiro. O ministro da Defesa, José Múcio, afirmou na época que a portaria foi suspensa para "alguns esclarecimentos" e possíveis correções.

Durante a gestão Bolsonaro, o Exército permitia que PMs, bombeiros e agentes da Abin tivessem até seis armas de uso permitido mais duas de calibre restrito, excluindo armas automáticas. Em janeiro, a gestão Lula autorizou até seis armas, com cinco de uso restrito e mantendo a vedação aos dispositivos automáticos.

Além disso, o Exército também reduziu o número de munições, estabelecendo um limite de 600 por ano para cada arma registrada. Na gestão Bolsonaro, esse limite se aplicava apenas a artefatos de uso restrito, com maiores quantidades permitidas para outros calibres.

Com informações de O Cafezinho

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians