logo

14/4/2019 11:21

Líder do PSL na Câmara dos deputados detona Bolsonaro e praticamente declara guerra a ele

0 0 0 0

Além da oposição, Jair Bolsonaro tem recebido críticas até de sua base no Congresso. O maior exemplo é o líder de se partido, o PSL, Delegado Waldir (GO), que em uma entrevista ao Estado de S.Paulo neste domingo 14 disparou duras críticas à conduta do presidente.



Para começar, o homem que é visto como guru e ideólogo por Bolsonaro não passa de desconfiança para o parlamentar. "Uma pessoa que fica dando palpite em nosso país lá de fora. Quantos votos ele trouxe? Que campanha que ele fez? Escreveu não sei quantos livros, dizem. Parabéns! Mas e daí?", indaga, em referência a Olavo de Carvalho. Para ele, "o grande atrito que existe hoje no governo, as caneladas do presidente, são influência desse filósofo Olavo de Carvalho".



O deputado-delegado também admite que "ele tem, estourando, 100 votos" para a reforma da Previdência e acredita que Bolsonaro "criminalizou a conduta do parlamento" quando "criou as expressões ’velha política’ e ’nova política’". "Ele tem experiência no parlamento, quer implantar um novo modelo de governabilidade, mas ele não pode criminalizar o parlamento", alerta.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Guerra na direita intensifica e Bolsonaro ameaça deixar o PSL:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


22110 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians