logo

15/7/2020 19:42

Pazuello não quer deixar a ativa do exército mesmo sob pressão

0 0 0 0

861 visitas - Fonte: Conversa Afiada

Mesmo diante da pressão por uma transferência para a reserva ou pela saída do Ministério da Saúde, o general Eduardo Pazuello tem dito a interlocutores que, primeiro, está cumprindo a "missão" dada por Jair Bolsonaro; e, segundo, prefere ficar na ativa. A informação é do jornalista Valdo Cruz no G1.

Segundo Cruz, Pazuello não quer ir para a reserva neste momento porque seu projeto profissional inclui exatamente comandar a 12ª Região Militar, que cuida de toda logística do Exército na Amazônia Legal.


"Entre militares, há um desconforto pelo fato de um general da ativa estar no comando do Ministério da Saúde. Eles até dizem compreender que o presidente precisou dos serviços de Pazuello, inicialmente escalado por Bolsonaro para ser secretário-executivo. Mas entendem que se ele permanecer indefinidamente como interino vai gerar desgaste para as Forças Armadas", escreve o jornalista, que aponta que Bolsonaro deve escolher entre o final de julho e agosto um ministro definitivo para a Saúde.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: PLANO DE MAIA É PIOR QUE IMPEACHMENT, SÓ ESQUERDA NÃO ENTENDEU!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians