logo

16/7/2020 14:19

Volta da CPMF: Maia promete que até o final de seu mandato não passa

0 0 0 0

1035 visitas - Fonte: UOL

Em matéria de reforma tributária, Paulo Guedes e Rodrigo Maia falam línguas diferentes expressando-se no mesmo idioma. Neste domingo, o ministro da Economia voltou a defender a criação de um imposto sobre transações financeiras digitais. O presidente da Câmara levou o pé à porta: "Até o fim de meu mandato à frente da Câmara dos Deputados, em 1º de fevereiro do ano que vem, não contem com a votação de qualquer imposto disfarçado de CPMF."

Em entrevista à CNN, Guedes minimizou as críticas ao novo tributo: "Todo mundo falava do imposto de transação que é muito ruim, é feio, uma areia do sistema. Mas tem uma base de incidência que traficante de droga não escapa, traficante de arma não escapa. Ninguém escapa. Corruptos não escapam."


Maia, que falou à Globonews e nas redes sociais, não se deu por achado: "É possível fazer mudanças tributárias sem a necessidade de criar novos impostos, e não podemos transferir para os brasileiros mais simples o que é da responsabilidade de cada um que rege um Poder no país."




Guedes não explicou —nem lhe foi perguntado— se já convenceu Jair Bolsonaro da conveniência de propor a versão digital da velha CPMF. No ano passado, o presidente interditou o debate sobre o tributo. Enviou para o olho da rua o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, que se negou a mudar de assunto.

De resto, Guedes esqueceu de mencionar que o novo tributo, além de alcançar traficantes e corruptos, morderia um pedaço do dízimo das igrejas. Marcos Cintra ousou mencionar o dízimo numa entrevista. Bolsonaro obrigou-o na época a se desdizer. A pressão dos evangélicos será a mesma. Resta saber se Bolsonaro mudou.
** Este texto não reflete, neceou a mudar de assunto.


Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CARLUXO PODE SER PRESO E JAIR ESTÁ DESESPERADO!!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.


O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians