logo

13/7/2016 20:51

Jornalista da VEJA que noticou que Temer ia chamar Moro pro STF foi demitida

0 0 0 0

A semana começou com mudanças na Veja. Na segunda-feira, 11, deixaram a revista da Editora Abril a colunista Vera Magalhães e o redator-chefe Carlos Graieb. As baixas foram confirmadas à reportagem do Portal Comunique-se pela secretaria de redação do veículo semanal.

Ex-titular da coluna ‘Painel’, da Folha de S. Paulo, Vera foi contratada pela Veja em setembro de 2015 com a responsabilidade de substituir Lauro Jardim, então contratado por O Globo, no comando do ‘Radar’ – tanto a versão impressa quanto o blog alimentado diariamente. Além da coluna, ela ganhou espaço na ‘TVeja’, projeto audiovisual do site Veja.com.

Diferentemente de Vera, que não chegou a completar um ano de casa, Graieb era um dos profissionais com mais tempo na empresa. Ele estava Editora Abril desde 1998 e passou por cargos de liderança dentro da Veja, chegando a assinar como diretor de redação da versão online do título do fim de 2014 a março deste ano. No período, comandou a reformulação do site em abril de 2015.

A saída de Graieb chama a atenção, já que há três meses ele deixou a direção da Veja.com por ter sido promovido ao posto de redator-chefe da publicação impressa em março. Na ocasião, a reportagem do Portal Comunique-se destacou que a mudança envolvendo o jornalista era a primeira movimentação comandada por André Petry, que tinha acabado de assumir a condição de diretor de redação da Veja.

demissoes-na-veja-revista-dispensa-vera-magalhaes-e-redator-chefe
Vera Magalhães e Carlos Graieb deixam a Veja (Imagens: Divulgação)

Duas baixas. Uma contratação
Com as saídas de Vera Magalhães e Carlos Graieb, a Veja contratou um único profissional para ocupar as vagas deixadas pela dupla. Trata-se de Mauricio Lima, que já aparece como editor do ‘Radar On-line’, contanto com auxílio de Natália Viri e Severino Motta, que formavam o time da coluna ao lado da jornalista demitida. O nome do novo contratado também aparece na lista de redatores-chefes da revista, ao lado de Fábio Altman, Policarpo Junior e Thaís Oyama.



Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.

Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Sem apoio do mercado financeiro, congresso e nem dos militares, queda de Bolsonaro está próxima. Assista e compartilhe!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


20172 visitas - Fonte: Portal Comunique-se

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians