logo

9/10/2019 19:44

Bolsonaro diz que crise no PSL é "briga de marido e mulher" e que "por enquanto" fica

0 0 0 0

Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (9) que, "por enquanto", permanecerá no PSL e voltou a usar a metáfora do casamento para falar da crise com seu partido. Segundo ele, é uma "briga de marido e mulher".



"Por enquanto, eu continuo [no PSL]. Não tem crise. Briga de marido e mulher, de vez em quando acontece. O problema não é meu. O pessoal quer um partido diferente, atuante. O partido está estagnado. Não tem confusão nenhuma", disse ele ao deixar o Palácio do Planalto.

No entanto, nesta terça (8) Bolsonaro orientou um apoiador que se identificou como pré-candidato pela legenda no Recife, para que ele esquecesse o partido. Em frente ao Alvorada, ele afirmou que Luciano Bivar, presidente nacional da sigla, “está queimado para caramba”.



O PSL é alvo de investigações do Ministério Público e da Polícia Federal que apuram suspeitas de "candidaturas-laranjas", de fachada, em Minas Gerais e em Pernambuco. Informações reveladas recentemente dão conta de que a investigação indicava um esquema de caixa 2 para a campanha presidencial de Jair Bolsonaro, o que só agravou a crise interna da legenda.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: Derrota de Moro e bolsonaristas: afunda no Congresso a palhaçada da prisão na segunda instância:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


1632 visitas - Fonte: Brasil247

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians