logo

8/11/2019 13:58

Moro aceita derrota, Lula será solto!

0 0 0 0

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, divulgou nota oficial a respeito da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir a prisão após condenação em segunda instância, decidida ontem por 6 votos a 5.



Em seu texto, Moro afirmou que o STF deve ser respeitado. No entanto, deixou claro que a Constituição Federal de 1988, usada como base na decisão, pode ser mudada.



"Sempre defendi a execução da condenação criminal em segunda instância e continuarei defendendo. A decisão da maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) para aguardar o trânsito em julgado deve ser respeitada", disse Moro.

"O Congresso pode, de todo modo, alterar a Constituição ou a lei para permitir novamente a execução em segunda instância, como, aliás, foi reconhecido no voto do próprio Ministro Dias Toffoli. Afinal, juízes interpretam a lei e congressistas fazem a lei, cada um em sua competência", acrescentou.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: Bateu o desespero com CPI das Fake News e Carlos Bolsonaro desativa redes sociais:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


3600 visitas - Fonte: Uol

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians