logo

7/12/2022 19:37

Prefeito do MT que incitou golpe em Brasília, é afastado pelo STF

0 0 0 0

30532 visitas - Fonte: UOL

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), mandou afastar por 60 dias do cargo o prefeito de Tapurah (MT), Carlos Alberto Capeletti (PSD). A decisão foi tomada hoje no processo que trata dos bloqueios de rodovias e atos em quartéis que ocorrem no país desde a derrota do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições.

Conforme mostra a investigação, Capeletti gravou um vídeo incitando comerciantes e empresários do agronegócio a ir a Brasília, no feriado de 15 de novembro, para uma "batalha final" contra o resultado das urnas. O prefeito do município de 14 mil habitantes, na região central de Mato Grosso, é o primeiro político a ser afastado do cargo por Moraes neste processo. No lugar dele deve assumir o vice, Odair Nunes (PSD).

Moraes também multou donos de caminhões. Além de determinar o afastamento de Capeletti, Moraes aplicou multa a donos de 177 caminhões que, segundo o MP-MT (Ministério Público de Mato Grosso), foram em caravana de várias cidades do estado para a capital, Cuiabá, no dia 6 de novembro.

Esses caminhões pertencem, em grande parte, a empresas que já tiveram as contas bloqueadas por Moraes no dia 12 de novembro. Segundo o ministro, os donos dos veículos são suspeitos de financiar as manifestações "com fornecimento de estrutura completa (refeições, banheiros, barracas etc)", além dos veículos.

"É lá onde mora nosso inimigo", disse prefeito. No vídeo que o levou a ser investigado pelo Supremo, Capeletti convocou "o pessoal do comércio e do agro" a ir a Brasília em 15 de novembro para o que chamou de "batalha final" em defesa do país.

"O pessoal do comércio, do agro, vamos para Brasília. É lá a batalha final. É lá onde mora o nosso inimigo", disse o prefeito, que falou em "fazer uma nova proclamação da República", disse.

"Se até o dia 15 de novembro o Exército não tomar alguma atitude em prol da nação brasileira e da nossa liberdade, nós vamos tomar atitude. Tenho certeza que, aos milhões lá, alguém vai ter uma ideia. Vamos tomar o Congresso, o STF, até o Planalto. Se até lá o Exército não tomar uma atitude, vamos nós fazer uma nova Proclamação da RepúblicaCarlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito de Tapurah (MT) afastado por Moraes" - Carlos Alberto Capeletti (PSD), prefeito de Tapurah (MT) afastado por Moraes

Prefeito prometeu rifar carro se Bolsonaro vencesse. Ainda durante a campanha presidencial, Capeletti prometeu, em vídeo, fazer a rifa de uma caminhonete Fiat Strada se Bolsonaro vencesse o segundo turno, desde que o presidente tivesse, em Tapurah, a maior votação proporcional entre os municípios de Mato Grosso.

Com a repercussão das imagens, a Justiça Eleitoral obrigou o prefeito a apagar o vídeo, publicar uma retratação e não fazer o sorteio, sob pena de multa.

A prefeitura de Tapurah foi procurada, mas informou que não vai se manifestar sobre o caso. O UOL Notícias busca contato com a defesa de Capeletti.

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians