logo

2/8/2020 15:48

Juiz condena deputado e empresário bolsonaristas por fake-news contra opositores

0 0 0 0

7098 visitas - Fonte: O Antagonista

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) e o empresário Otávio Fakhoury foram condenados a pagar cada um R$ 41,8 mil de indenização cada por publicações que associavam Jean Wyllys a Adélio Bispo.



Em suas decisões, a juíza Mônica de Paula Baptista, do 5º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, ordenou ainda a retratação pública em seus perfis.

Os bolsonaristas republicaram acusações feitas pelo ativista Luciano Carvalho de Sá, conhecido como Luciano Mergulhador. O ativista disse que o ex-deputado do PSOL foi mencionado por Adélio em uma conversa durante a greve dos caminhoneiros, em 2017, quando os dois apareceram juntos em uma foto.



No início de junho, como publicamos, o juiz Diogo Barros Boechat, do 5º Juizado Especial Civil do Rio, mandou Carlos e Eduardo Bolsonaro excluírem publicações semelhantes.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: BOLSONARO SOFRE SUA PIOR DERROTA!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians