logo

12/8/2020 10:23

Secretários de Guedes, em debandada, deixam o governo Bolsonaro

0 0 0 0

3012 visitas - Fonte: Revista Fórum

O Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes, sofreu duas novas baixas nesta terça-feira (11), chegando a 5 demissões de assessores da pasta em 2 meses. Com críticas ao governo, Salim Mattar, secretário de Desestatização, e Paulo Uebel, de Desburocratização, pediram para sair.





Segundo informações do jornalista Igor Gadelha, da CNN Brasil, Mattar decidiu sair por discordar da postura do governo em relação às privatizações enquanto Uebel abandonou o barco por conta da decisão de Guedes de adiar a reforma administrativa para 2021.



As demissões forçaram Guedes a comentar sobre o assunto em coletiva de imprensa marcada após encontro com Rodrigo Maia sobre o Teto de Gastos. “A nossa reação à debandada que aconteceu hoje é acelerar as reformas. Nós vamos privatizar, nós vamos insistir nesse caminho, nós vamos lutar, nós vamos destravar os investimentos”, disse Guedes.



“Eu, se pudesse, privatizava todas as estatais. Para privatizar todas, você tem que privatizar duas ou três, nós não conseguimos nem duas ou três. Isso é preocupante”, disse ainda.





Fim do teto



Segundo o economista Guilherme Mello, professor da Unicamp e diretor do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica da instituição, a as baixas estão relacionadas com o fim do teto.



“A ‘debandada’ no ministério é uma reação ao fim do teto de gastos. Quem determinou o fim do teto foi o centrão, em particular o MDB. Parte do governo apoia a mudança no teto, incluindo militares (em off). Derrotado, Guedes quer negociar”, afirmou.





Para Mello, a reação ao fim do teto poder uma “quebra no piso”, em um “jogo combinado entre Guedes, Bolsonaro, Globo e liberais”. “Hoje a pauta fica clara: mudar o teto e, em troca, privatizar tudo e arrochar o funcionalismo. A debandada é sobre isso. Eduardo Braga disse isso em ‘on’ em reportagem do Valor. Bolsonaro apoia, de olho na ‘renda Brasil’”, comentou.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: BOLSONARO SOFRE SUA PIOR DERROTA!!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians