CGU abre processo contra servidores da PF envolvidos na "Abin Paralela" da gestão Ramagem

Portal Plantão Brasil
11/4/2024 11:22

CGU abre processo contra servidores da PF envolvidos na "Abin Paralela" da gestão Ramagem

0 0 0 0

247 visitas - Fonte: Plantão Brasil

A Controladoria-Geral da União (CGU) iniciou processos administrativos disciplinares (PADs) contra três funcionários do Departamento de Polícia Federal (PF) por ausências injustificadas durante mais de 60 dias entre 2021 e 2022, enquanto estavam a serviço da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A investigação veio à tona após revelações de que, nesse período, foi utilizado um programa sigiloso, FirstMile, pela Abin para rastrear políticos, jornalistas, advogados e opositores do governo Bolsonaro, sem qualquer amparo legal.

Os investigados, Marcelo Araújo Bormevet, Felipe Arlotta Freitas e Eliomar da Silva Pereira, enfrentam acusações sérias que apontam para uma participação ativa na chamada "Abin paralela", uma operação de vigilância que extrapolou os limites da legalidade. Bormevet e Freitas já foram afastados de suas funções por decisão do Ministro Alexandre de Moraes, do STF, enquanto Pereira desempenhou suas atividades na Abin focando na segurança das comunicações.

A CGU assegura que os processos seguirão o devido processo legal, garantindo aos acusados o direito à ampla defesa e ao contraditório. Estes procedimentos têm um prazo inicial de 60 dias para serem concluídos, podendo ser estendidos por mais 60 dias se necessário.

Essas medidas tomadas pela CGU refletem o compromisso do governo atual em corrigir os desvios e abusos cometidos durante a gestão anterior, especialmente no que tange à vigilância ilegal e à perseguição de opositores e críticos ao governo de Jair Bolsonaro. Esta ação é um passo significativo na reafirmação do Estado de Direito e na proteção das liberdades individuais contra abusos de poder.

As suspensões dos servidores envolvidos nesses atos, baseadas em decisão do STF, sublinham a gravidade das acusações e a necessidade de uma investigação aprofundada sobre as atividades da "Abin paralela". Além dos servidores da PF e da Abin, figuras como o ex-diretor Alexandre Ramagem e o vereador Carlos Bolsonaro também são investigados por suas supostas participações neste esquema, conforme indicado por operações de busca e apreensão realizadas em janeiro.

Com informações do DCM

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians