logo

1/8/2022 08:26

Lula se solidariza com Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso e deseja um mundo sem racismo

0 0 0 0

1872 visitas - Fonte: Portal Fórum

O ex-presidente Lula (PT) foi às redes sociais, neste domingo (31), para se solidarizar com Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso após os ataques racistas sofridos pelos filhos do casal em uma praia de Portugal.

"Nenhuma mãe ou pai merece ver seus filhos sendo vítimas de xingamentos racistas. Minha solidariedade a Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, sua família e também aos turistas angolanos que sofreram ataques racistas ontem", escreveu Lula. "Vamos construir um mundo sem racismo", prosseguiu o petista.





Racista já foi solta; entenda o caso

A mulher que foi detida por ataques racistas contra os filhos do casal de atores brasileiros Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso em Portugal, no sábado (30), já foi solta pela polícia, informa neste domingo (21) o jornal português Público.

Segundo a publicação, a mulher estaria bêbada quando proferiu os insultos raciais contra as crianças negras e ainda teria atacado os policiais no momento da detenção.

O caso aconteceu no Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, e vídeo que mostra Giovanna Ewbank confrontando a mulher viralizou nas redes sociais.

Segundo relato de testemunhas, a mulher teria dito para "tirar aqueles pretos imundos dali", se referindo aos filhos de Ewbank e Gagliasso. Também informam que a atriz teria cuspido no rosto da mulher ao escutar as ofensas racistas.

Em nota, a assessoria de imprensa de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso informou que o casal prestará uma queixa formal contra a mulher às autoridades portuguesas.


Leia o comunicado:

"Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.

Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local - cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais "pretos imundos".

Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.


Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa.

A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Titi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime."

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: CPI DO CAPITÓLIO NOS EUA!! EDUARDO B0LSONARO NA MIRA:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.


O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians