logo

21/1/2019 18:47

Não vai ser punido? Flávio Bolsonaro divulga fake-news em seu Twitter para tentar desmoralizar investigação

0 0 0 0

Em uma entrevista à Rede TV, exibida no domingo (20), o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) usou uma fake news das redes sociais, tentando justificar o escândalo do Bolsogate a uma suposta perseguição que estaria sendo vítima por parte de promotores ligados ao PT.



"Está circulando imagem de supostos promotores com camisas dizendo ’sou do MP e sou contra o golpe’. É uma clara evidência de simpatia com o PT", disse ele, insinuando que as movimentações financeiras suspeitas de seu ex-assessor e os depósitos sequenciais que fez não tem a ver com a investigação dos promotores que o investigam no Ministério Público do Rio de Janeiro.



"Na verdade, estão vendendo uma narrativa de que meu ex-assessor (Fabrício Queiroz) que pegava tudo (salário de assessores) e depositava na minha conta", completou.

No entanto, as imagens citadas por Flávio em que integrantes do Ministério Público aparecem usando camisetas com os dizeres "MP contra o golpe", sugerindo que são os promotores envolvidos na sua investigação, são na verdade de Minas Gerais, e nada tem a ver com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), responsável pelo caso.

A informação do do jornal O Estado de S. Paulo. Segundo a publicação, os registros são de manifestações contra o impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff, em março de 2016. Em nota enviada ao Estadão Verifica, o MPRJ confirmou que as imagens mostram promotores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Ao fazer uma busca por imagens com as palavras-chave "MP contra o golpe" é possível encontrar outras evidências que corroboram este fato: uma publicação do site Jornal GGN e um tweet de um perfil verificado de Belo Horizonte.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



Clique aqui para entrar em nosso grupo de Telegram

VÍDEO: Aparece o elo entre Bolsonaro, morte de Marielle, Queiroz e a milícia mais violenta do RJ:



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


7038 visitas - Fonte: Brasil247

Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians