logo

20/1/2020 13:22

Bolsonaro torra R$ 48 milhões pra investigar BNDES e não encontra irregularidades

0 0 0 0

10362 visitas - Fonte: O Antagonista

Uma auditoria contratada pelo BNDES ao custo de R$ 48 milhões não apontou nenhuma evidência direta de corrupção em oito operações com a JBS, o grupo Bertin e a Eldorado Brasil Celulose, realizadas entre 2005 e 2018. A reportagem é do Estadão.



A investigação prometia “abrir a caixa-preta” do banco. O valor foi pago a um escritório estrangeiro, o Cleary Gottlieb Steen & Hamilton LLP, que subcontratou outro brasileiro, o Levy & Salomão.

O texto, divulgado no fim de dezembro, concluiu que as decisões do BNDES “parecem ter sido tomadas depois de considerados diversos fatores negociais e de sopesados os riscos e potenciais benefícios para o banco”.



“Os documentos da época e as entrevistas realizadas não indicaram que as operações tenham sido motivadas por influência indevida sobre o banco, nem por corrupção ou pressão para conceder tratamento preferencial à JBS, à Bertin e à Eldorado”, diz trecho do relatório.

O Estadão destaca: “O relatório tem oito páginas. Seria como se cada folha custasse R$ 6 milhões”.

Em 7 de janeiro de 2019, no começo de seu mandato, Bolsonaro publicou: “não só a caixa preta (sic) do BNDES, mas de outros órgãos estão sendo levantados e serão divulgados”.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: VÍDEO desmente as MENTIRAS ditas na CPI das Fake News:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians