logo

22/1/2020 09:29

TUDO COMBINADO: Juiz que vai julgar Glenn já suspendeu atividades do Instituto Lula mesmo sem pedido do MPF

0 0 0 0

2943 visitas - Fonte: Revista Fórum

Ricardo Augusto Soares Leite, o juiz que analisará a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o jornalista Glenn Greenwald, já mandou suspender as atividades do Instituto Lula e ainda disse que tomou a decisão a pedido do MPF, mesmo sem o órgão ter feito a solicitação. As informações constam em reportagem do portal UOL de maio de 2017.



À época, Leite, que é magistrado da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, disse em sua decisão que suspenderia as atividades do Instituto Lula porque o local era “instrumento ou pelo menos local de encontro para a perpetração de vários ilícitos criminais”. A denúncia estava no âmbito da operação Lava Jato em uma investigação sobre obstrução de Justiça.

No despacho, Leite afirmou duas vezes que a decisão atendia a um pedido do MPF. A manifestação do procurador da República Ivan Cláudio Marx a qual o juiz se referia, no entanto, não fazia nenhuma menção ao Instituto.



Dias depois, o juiz corrigiu o despacho e a assessoria da Justiça do DF admitiu que a decisão foi do próprio magistrado. No mesmo mês, entretanto, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) revogou a decisão.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



VÍDEO: VÍDEO desmente as MENTIRAS ditas na CPI das Fake News:



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians