Celso Amorim diz que Netanyahu não receberá pedido de desculpas de Lula

Portal Plantão Brasil
25/2/2024 11:53

Celso Amorim diz que Netanyahu não receberá pedido de desculpas de Lula

0 0 0 0

882 visitas - Fonte: PlantãoBrasil/X

Em uma firme defesa da autonomia diplomática brasileira e da justiça internacional, o ex-chanceler Celso Amorim, destacou a postura intransigente do Brasil frente às exigências desproporcionais do governo israelense. A recusa de Lula em pedir desculpas por comparar o massacre de civis palestinos ao Holocausto, conforme esperado por Benjamin Netanyahu, sublinha a resolução brasileira de não ceder a pressões externas injustificadas, especialmente quando estas se originam de alianças questionáveis entre o governo de Israel e a extrema-direita brasileira.

Amorim aponta para uma crítica internacional ao comportamento de Israel, não apenas pela sua reação desmedida às declarações de Lula, mas também pela sua postura intransigente em Gaza, evidenciando uma recusa em reconhecer a gravidade das acusações de genocídio contra palestinos. Esta posição é reforçada pela falta de pressão internacional significativa por um pedido de desculpas, inclusive por parte dos Estados Unidos, o que sugere que a demanda por retratação de Lula é mais um reflexo da pressão midiática interna do que de um consenso global.

A análise de Amorim sobre o impasse diplomático revela uma profunda preocupação com a direção das políticas israelenses sob o governo Netanyahu, especialmente em relação ao tratamento dos palestinos. A insistência de que não há inocentes em Gaza, e a consequente justificativa para ações extremas, é alarmante e contrária aos princípios de justiça e humanidade que devem guiar as relações internacionais.

O ex-chanceler também critica a aliança entre o governo de Netanyahu e a extrema-direita brasileira, destacando a incongruência dessa parceria com os valores democráticos e a política externa tradicional do Brasil. Essa relação obscura, segundo Amorim, não apenas coloca em xeque a integridade das relações internacionais do Brasil, mas também revela uma tentativa de Israel de influenciar a política interna brasileira de maneiras preocupantes.

Por fim, Amorim reitera o compromisso do Brasil com a paz e a justiça, afirmando que o país não agirá contra Israel, mas continuará a defender a existência de um Estado palestino e a buscar soluções justas e duradouras para o conflito.

Com informações do jornal Folha de S. Paulo

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians