Michelle prega mistura de religião e política durante manifestação na Paulista

Portal Plantão Brasil
25/2/2024 19:10

Michelle prega mistura de religião e política durante manifestação na Paulista

0 0 0 0

753 visitas - Fonte: PlantãoBrasil/X

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, em um recente ato na Avenida Paulista, proclamou um discurso que ecoa a perigosa mistura de religião com política, um movimento que ameaça regredir o Brasil a tempos obscurantistas, reminiscentes da Idade Média. Ao advogar por uma união entre os poderes eclesiásticos e estatais, Michelle não apenas desconsidera a fundamental separação entre Igreja e Estado, pilar do Iluminismo e da democracia moderna, mas também instiga um retrocesso cultural e político sem precedentes.

Michelle, possivelmente posicionando-se como a herdeira política de Jair Bolsonaro, utiliza uma retórica que invoca o "mal" como justificativa para essa fusão perigosa, ignorando completamente o avanço social e político alcançado através do respeito à diversidade religiosa e à laicidade do Estado. Seu discurso, longe de ser uma mera opinião, reflete uma visão de mundo que ameaça a liberdade de crença, a autonomia das instituições democráticas e o respeito aos direitos humanos.

A presença de bandeiras do Brasil e de Israel no evento, além de apoiar Bolsonaro contra acusações crescentes de tentativa de golpe de Estado, simboliza uma tentativa de legitimar essa mistura tóxica de política com religião por meio de símbolos nacionais e internacionais.

Com informações do Brasil247

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians