logo

23/5/2020 18:46

Bolsonaro volta a defender droga da morte, a cloroquina, que a OMS diz que mata mais do que cura

0 0 0 0

1647 visitas - Fonte: O Antagonista

Antes de ler o texto, lembre-se: o fabricante de cloroquina no Brasil é um empresário que ajuda a financiar o gabinete do ódio e os atos antidemocráticos

Jair Bolsonaro voltou a defender o uso de cloroquina no tratamento de Covid-19.



“Até porque não tem outro remédio. É o que tem. Ou você toma cloroquina ou não tem nada. O que eu fico chateado também é que quem não quer tomar, não toma, porra”, afirmou neste sábado em frente ao Palácio da Alvorada.

“Na Guerra do Pacífico não tinha remédio, usaram água de coco e funcionou. Se fosse esperar um protocolo, uma comprovação científica, iam morrer milhares.”

A declaração de Bolsonaro ocorre um dia depois da publicação de um estudo na revista científica “The Lancet” mostrar que o uso da cloroquina ou da hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19, na verdade, aumenta o risco de vida.



A pesquisa, feita com 96 mil pacientes (a mais abrangente já feita) diz ainda que o uso do medicamento não tem benefícios comprovados no tratamento de pacientes com a doença.

Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: Bolsonaro sofre dura derrota inesperada!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians