logo

28/5/2020 16:42

Dossiê sobre o gabinete do ódio liga youtuber a Jair Bolsonaro e a perfil investigado pelo STF

0 0 0 0

2139 visitas - Fonte: DCM

O ministro do STF Alexandre de Moraes autorizou um inquérito contra 29 acusados de ataques e difusão de fake news do STF nesta quarta-feira (27). A operação, conduzida pela Polícia Federal, teve 29 alvos, dentre deputados, empresários e influenciadores digitais bolsonaristas.

Parlamentares como Bia Kicis e Carla Zambelli foram mencionadas no inquérito, enquanto pedidos de busca e apreensão de celulares e computadores foram aplicados ao empresário Luciano Hang, ao blogueiro bolsonarista Allan dos Santos e outros alvos. Após a operação, no mesmo dia, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu o arquivamento do inquérito.


O documento do STF possui um diagrama de seguidores de Allan dos Santos, que inclui os nomes Bolsonéas (perfil anônimo), Patriotas (perfil anônimo), Crítica Nacional (site de fake news), Bernardo Küster (youtuber), Filipe Barros (deputado), Let’s Dex (perfil anônimo), TeAtualizei (Bárbara Destefani, youtuber), Faka (anônimo), Leandro Ruschel (empresário) e Gil Diniz (deputado, conhecido como Carteiro Reaça).



As quatro fontes consultadas pelo DCM nos enviaram uma versão atualizada do documento das milícias bolsonaristas conectadas com o chamado gabinete do ódio. Na primeira reportagem, o Diário mostrou fotos e relatos de encontros dos milicianos com Eduardo e Carlos Bolsonaro.




Uma nova versão do dossiê mostra Jair Bolsonaro conectado com uma integrante de suas milícias.




“Psicóloga Conservadora e Nerd de Carteirinha!”

Jovem, Teff Ferrari tem 29 anos. Youtuber, ela se define como uma “psicóloga conservadora e nerd”. Seu canal tem 2,5 mil inscritos. É pequeno diante de gigantes da extrema direita como Nando Moura ou Bernardo Küster. Mas Teff tem influência dentro das milícias.

Ela se encontrou, no dia 23 de maio, com o presidente Jair Bolsonaro em Brasília. Estava acompanhada por Carla Zambelli, Bia Kicis, Mauro Fagundes (um youtuber que cresceu atacando Nando Moura, quando este passou a defender Sérgio Moro no lugar de Bolsonaro), Paula Marisa e a própria Bárbara do canal TeAtualizei.


A importância de Teff Ferrari não pode ser medida apenas pela fotografia ao lado do presidente Bolsonaro e sim por suas conexões no submundo bolsonarista.

Ela é próxima de André Petros, coordenador do Movimento Conservador e assessor do deputado estadual Douglas Garcia, de São Paulo. Petros esteve com Evandro Pontes no evento que buscou assinaturas para o novo partido de Jair Bolsonaro, Aliança pelo Brasil. A proximidade dos dois lhe rendeu dois programas.

Na Rádio Shockwave, ela tem um programa chamado “Pare De Ser Burro”. No Movimento Conservador, ela apresentou um programa com Benê Barbosa, defensor do armamento da população, uma pauta que é importante para Bolsonaro. Em março de 2020, Teff fez uma entrevista com o anônimo Let’s Dex, apontado como “cérebro do gabinete do ódio”, dividida em duas partes.




A primeira parte foi para a Rádio Shockwave e a segunda para um canal chamado Vista Pátria, com mais de 450 mil inscritos.




Ao invés de ser uma grande youtuber individual, Teff Ferrari dá indícios de ser uma funcionária de atores maiores das milícias bolsonaristas. Carismática, ela participou de programas grandes da extrema direita no YouTube, como o Boletim da Noite do Terça Livre.



Não é apenas uma fotografia

Paula Marisa tem fotos com Jair Bolsonaro. Nando Moura tirou fotos com o presidente até romper com ele. Não é apenas a imagem de Teff Ferrari com ele que mostra a importância da influenciadora.

Sendo próxima de André Petros e Evandro Pontes, Teff é o primeiro rosto mais conhecido entre youtubers próximos de Bolsonaro com conexões diretas com as milícias e o gabinete do ódio.

Ela conecta a Rádio Shockwave e perfis anônimos diretamente com o presidente da República.


“O mais perigoso inimigo do governo é quem tem agenda própria. Isso inclui o blog com posts de quatro linhas (O Antagonista) e quem defende Moro. Eles se camuflam e inventam frituras de Bolsonaro”, diz Dex em entrevista para Teff Ferrari, que tentava definir a imprensa como mais adversária do governo.

O discurso dela, alinhado com milicianos digitais, é o mais fiel ao do próprio Bolsonaro. Só que com um rosto jovem e supostamente descolado. É uma peça de conexão nesse xadrez.

Com as informações atualizadas, o dossiê que está nas mãos da CPMI das Fake News subiu de 115 para 124 páginas.

Por Pedro Zambarda


Clique aqui para entrar no grupo de WhatsApp e receber imagens, vídeos e notícias contra Bolsonaro e o fascismo.



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

VÍDEO: MORO E DELTAN PODEM SER PRESOS! LAVA JATO INVESTIGOU ILEGALMENTE MINISTROS DO STF!



Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians