Secom desmente Estadão e nega "gabinete do ódio" em reuniões

Portal Plantão Brasil
10/6/2024 16:50

Secom desmente Estadão e nega "gabinete do ódio" em reuniões

0 0 0 0

240 visitas - Fonte: Plantão Brasil

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) negou, nesta segunda-feira (10), as acusações do jornal Estado de S. Paulo de que promove reuniões com uma versão petista do "gabinete do ódio". A nota divulgada pela Secom afirma que as reuniões realizadas visam apenas informar sobre as ações e programas prioritários do governo aos líderes na Câmara e no Senado, além do PT e dos partidos da base aliada.

Segundo a Secom, as reuniões têm como objetivo garantir a fluidez das informações de gestão, incluindo novos lançamentos e entregas, para qualificar o trabalho das lideranças e da base do governo no Congresso. A secretaria enfatizou que não há a participação de influenciadores nas reuniões e que não há discussões sobre "ataques a críticos e desqualificação da imprensa", como relatado pelo jornal.

A nota acusa o Estado de S. Paulo de fazer uma abordagem sensacionalista e enviesada, distorcendo os fatos para criminalizar ações de gestão e munir a oposição. A reportagem do Estadão foi manchete na edição desta segunda-feira e foi criticada por perder importância a cada dia.

O governo Lula desmentiu as alegações do jornal, reiterando que a comunicação é feita para informar as áreas de liderança sobre as ações governamentais e não para promover ataques ou desqualificação.

Com informações da Fórum

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians