Eduardo Bolsonaro se esquiva de intimação após associar professores a traficantes

Portal Plantão Brasil
5/12/2023 13:00

Eduardo Bolsonaro se esquiva de intimação após associar professores a traficantes

0 0 0 0

609 visitas - Fonte: Plantão Brasil/X

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) está evitando ser intimado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para responder a uma queixa-crime relacionada a declarações feitas em julho deste ano. Ele comparou professores a traficantes de drogas em um evento pró-liberalização do uso de armas de fogo.

Oficiais de Justiça relataram dificuldades em intimar Eduardo Bolsonaro, tendo feito pelo menos sete tentativas frustradas. A queixa-crime foi movida pela deputada federal Luciene Cavalcante (Psol-SP), que classificou as declarações de Bolsonaro como "discurso de ódio".

Em outubro, o ministro Nunes Marques do STF concedeu 15 dias para que Eduardo Bolsonaro se manifestasse. Contudo, oficiais de Justiça relataram receber informações contraditórias e vagas dos funcionários do deputado, sem conseguir acesso direto a ele.

Os esforços para intimar o deputado continuam, mas até o momento não houve sucesso. O caso gerou polêmica e destaca a tensão entre diferentes esferas do poder no Brasil.

Com informações da Folha de S. Paulo

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians