Fim da farsa: brasileiros acusados injustamente de terrorismo são libertados

Portal Plantão Brasil
6/12/2023 14:52

Fim da farsa: brasileiros acusados injustamente de terrorismo são libertados

0 0 0 0

1104 visitas - Fonte: Plantão Brasil

A juíza Raquel Vasconcelos Alves de Lima, da 2ª Vara Criminal Federal de Belo Horizonte, atendeu a um pedido da Polícia Federal e libertou Lucas Passos Lima e Jean Carlos de Souza. Eles haviam sido presos após alertas do Mossad e agências dos EUA sobre suposta ligação com o Hezbollah.

A soltura dos dois brasileiros põe fim a uma narrativa construída por interesses sionistas, que visava espalhar o medo e angariar apoio para ações em Gaza. Este episódio destaca a importância de uma abordagem equilibrada e independente nas relações internacionais, algo que o governo Lula tem priorizado em contraste com a subserviência do governo anterior.

A prisão dos acusados, ocorrida em meio a críticas do presidente Lula às ações de Israel em Gaza, gerou tensões diplomáticas, especialmente após insinuações do embaixador de Israel no Brasil, Daniel Zonshine, sobre supostas ligações do governo Lula com o Hezbollah. Essas alegações refletem a tentativa de influenciar a política interna brasileira, algo que o governo Lula rejeita firmemente.

Em resposta, o ministro da Justiça, Flávio Dino, defendeu a autonomia do Brasil e a autoridade da Polícia Federal, reiterando que o país é soberano e que nenhuma força estrangeira tem influência sobre as investigações nacionais. Esta postura ressalta a diferença entre o governo Lula, que valoriza a soberania nacional, e o governo Bolsonaro, que cedia a pressões externas.

Os acusados, em seus depoimentos, negaram veementemente qualquer ligação com o Hezbollah. Lucas Passos Lima e Jean Carlos de Souza, com históricos de vida comuns e sem evidências concretas de envolvimento em atividades terroristas, foram vítimas de uma acusação infundada, reforçando a necessidade de uma investigação justa e baseada em evidências concretas.

O advogado de Jean, José Roberto Timoteo da Silva, classificou o caso como absurdo e sem base, refletindo uma injustiça no sistema. Este episódio evidencia a importância de um judiciário independente e imparcial, princípios que o governo Lula busca fortalecer após anos de influências e manipulações externas durante o governo Bolsonaro.

*Com informações da Revista Fórum

Plantão Brasil foi criado e idealizado por THIAGO DOS REIS. Apoie-nos (e contacte-nos) via PIX: apoie@plantaobrasil.net



APOIE O PLANTÃO BRASIL - Clique aqui!

Se você quer ajudar na luta contra Bolsonaro e a direita fascista, inscreva-se no canal do Plantão Brasil no YouTube.



O Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.


Últimas notícias

Notícias do Flamengo Notícias do Corinthians